, , , ,

Um pouco + de Ana Neute



Paulistana, Ana Neute se destacou nos últimos anos como uma das principais profissionais brasileiras no mundo do design. Formada em arquitetura pela Escola da Cidade, suas peças já foram produzidas por marcas como La Lampe, Riva, Santa Mônica e Artefacto.

Da esquerda para a direita, de cima para baixo: Beijo; Flutuante; Guarda-Chuva; Jabuticaba; Sputnik G; Abajur da coleção Bruta; e Elo.  (fotos: Divulgação)

Assinou instalações para Sp-Arte 2014, participou das quatro edições anuais da MADE, assim como sua edição em Milão, em 2015. Em 2016, integrou a exposição Evergreen Brasil, na Luminaire de Miami, e, em 2017, expôs peças na Brazil S/A na Milan Design Week.

Guarda-Chuva. (foto: Divulgação)

Hoje, a designer trabalha em parceria com a Itens, que lançou sua mais recente coleção, Bruta. Com inspiração na brasilidade e no artesanato nacional, Ana escolheu o capim dourado para dar forma às luminárias, criadas a partir de uma viagem ao Quilombo Mumbuca, no Parque Estadual do Jalapão, no Tocantins.

Peças da coleção Bruta. (foto: Divulgação)

"Escolhi trabalhar com o capim dourado em formas circulares e essa escolha não foi por acaso. O círculo, além do significado estético, traz um forte significado teórico. É uma forma elementar, encontrada no formato da Terra, nos olhos, na barriga de uma grávida, etc. Ele não tem princípio nem fim e é reconfortante, passa uma sensação de aconchego. Círculos protegem, limitam o que está dentro e não permitem que nada externo entre. Eles oferecem segurança e conexão, seu movimento sugere energia e sua complexidade remete ao infinito, à unidade e harmonia", a designer conta sobre a coleção, que foi pensada, desenhada, produzida e é comercializada por mulheres.

Arandela B. (foto: Divulgação)

CONVERSATION

Instagram

@lardocecasa